Avenida dos Autonomistas, 896 Torre 2 Sala 2603 / 2604
corporesanoes@gmail.com
(11) 4397-8137 - (11) 98616-0744

Blog Corpore Sano

DEZEMBRO LARANJA
18
dez

DEZEMBRO LARANJA

Este mês é marcado pela campanha Dezembro Laranja, criada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB). Além de conscientizar a população sobre a prevenção desde a infância, a iniciativa tem como objetivo principal alertar sobre os sinais do câncer de pele para diagnóstico e tratamento precoces. Dessa forma, é possível aumentar as chances de cura na grande maioria dos casos.
O câncer de pele é extremamente prevalente na população, com registro de 135 mil novos casos a cada ano, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) e representa 25% de todos os tipos de câncer.
A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele.
Os tipos mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares. Mais raro e letal que os carcinomas, o melanoma é o tipo mais agressivo.


Quais são os principais sintomas?

  • Manchas pruriginosas (que coçam), descamativas ou que sangram.
  • Sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor.
  • Feridas que não cicatrizam em 4 semanas.

O câncer de pele ocorre principalmente nas áreas do corpo que são mais expostas ao sol, como rosto, pescoço e orelhas. Se não tratado adequadamente, pode destruir essas estruturas.
Como funciona o tratamento?
Todos os casos de câncer da pele devem ser diagnosticados e tratados precocemente, inclusive os de baixa letalidade, que podem provocar lesões mutilantes ou desfigurantes em áreas expostas do corpo, causando sofrimento aos pacientes. Felizmente, há diversas opções terapêuticas para o tratamento do câncer da pele não-melanoma. A modalidade escolhida varia conforme o tipo e a extensão da doença, mas, normalmente, a maior parte dos carcinomas basocelulares ou espinocelulares pode ser tratada com procedimentos simples.

Leave a Reply